Curta nossa página no Facebook
e-SIC
Nosso canal no Youtube
São Sebastião do Paraíso, |

2º Período Legislativo - 37ª Legislatura - 2017-2020

 

Curiosidades

 

Mariana Marques da Silva (1913 - 1982)

Autor: http://jornaldosudoeste.com.br/noticia.php?codigo=3550&src=sdkpreparse
Data de inclusão: 23/04/2019

Modesta homenagem à saudosa memória de Mariana Marques da Silva, moradora de São Sebastião do Paraíso, no Sudoeste Mineiro, que deixou boas lembranças aos paraisenses que tiveram a oportunidade de conhece-la. Nascida em 8 de maio de 1913, faleceu em 27 de abril de 1982, aos 69 anos de idade, depois de permanecer 46 anos deitada em seu leito de vida espiritual, com o corpo físico totalmente paralisado, devido a uma grave doença. Certamente, há vários outros casos semelhantes, de pessoas que passam ou passaram pelo mesmo drama. Mas, vale rememorar o caso da nossa conterrânea para testemunhar o respeito e a amizade que ela conquistou de muitas pessoas que a visitavam com regularidade.
Se a memória deixa traços de uma vida rompida no passado para o conforto de outras gerações é também fonte de possibilidade para aprender com o tempo pretérito, ir um pouco além do imediatismo do aqui e agora. No caso aqui relatado, trata-se de um exemplo de persistência, resignação e fé, diante dos desafios que qualquer ser humano pode encontrar em sua existência. Entre as pedras de sua travessia, Mariana foi agraciada com sabedoria e descobriu a espiritualidade para atravessar o seu deserto. Católica, quando jovem, participou ativamente de um grupo de religiosas, a União das Filhas de Maria, criado sob a liderança do Monsenhor Felipe da Silveira.
No início da década de 1960, minha família morava na Avenida Wenceslau Braz, no alto da Moco-quinha, quando nenhuma rua era ainda pavimentada nessa parte da cidade, com poucas casas e muitas chácaras. Uma grossa camada de areia recobria a “Estrada Boiadeira”, como era conhecida, popularmente, a referida avenida, devido à passagem regular de cavaleiros, conduzindo seus pequenos rebanhos de gado bovino, levados para o Matadouro Municipal. Próximo ao antigo Seminário Nossa Senhora do Sion (atual Faculdades Libertas), ficava a casa da família da conhecida Mariana, que recebia sempre os cuidados e o conforto de seus familiares.
Em meados da década de 1930, na plenitude de sua vida, Mariana foi acometida por uma grave doença que lhe deixou tetraplégica, quando trabalhava como roupeira no antigo Hotel Central, localizado na esquina das ruas Padre Benatti com Placidino Brigagão, prédio esse que foi, posteriormente, adquirido e reformado pela Mitra Diocesana, para nele funcionar os Colégios Parai-sense e Comercial São Sebastião, sob a direção do pároco, Monsenhor Jerô-nimo Madureira Mancini. 

Voltar

 

Escolas Municipais Ibrantina Amaral e Termópolis fecham ciclo de inauguração da Constituição em Miúdos

A Escola do Legislativo da Câmara Municipal fechou com chave de ouro as aulas inaugurais da Constituição em Miúdo...

Reunião com Viação Cidade dos Ipês discute serviço de transporte coletivo

Na quarta-feira (21), representantes da empresa Viação Cidade dos Ipês compareceram na Câmara Municipal para uma r...

Câmara e Prefeitura conversam sobre projeto para suplementação do orçamento municipal

O Projeto de Lei 4966 foi a pauta da reunião entre a Câmara Municipal e a Prefeitura, realizada nessa quinta-feira (22). O docu...

SESSÕES DA CÂMARA AO VIVO
NOSSA CIDADE
MALHA VIÁRIA

 

Vídeo institucional

 

Videos/Reuniões das
Comissões

 

 

Sessões anteriores da
Câmara Municipal

 

Vídeos/Audiências

 

Downloads

 

Sede da
Câmara Municipal

Nome
E-mail
Enviar

Cadastre-se e receba
as últimas notícias

Copyright © 2019 | Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso. Todos os direitos reservados.
Avenida Dr.José de Oliveira Brandão Filho, 445, Jd.Mediterranèe - São Sebastião do Paraíso - CEP: 37950-000
Tel: (35) 3531-4770